quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Mimados

                   


                   Raciocine comigo: você conhece uma pessoa que está cativa, sendo molestada, destruída, corrompida, tendo seus filhos mortos, sua casa violada. Movida por compaixão e amor, você resolve agir e , através da sua ação, você leva liberdade a essa pessoa, dando-lhe uma nova oportunidade, uma promessa de um novo lar, uma nova vida. Mas no primeiro momento de dificuldade, essa pessoa se volta contra você, te culpando pelas dificuldades, mostrando através disso que ela jamais pretendia confiar em você.
                    Peço que você, neste momento, olhe pra dentro de você e tente descrever o que você sentiria com tudo isso. Desgosto? Desprezo? Ira? Pena? Ódio? Acertei algum ?
O salmista Asafe, no Salmo 78 conta um pouco sobre a saída do povo de Israel do cativeiro egípcio. Em um dos versos ele diz: "...agiram como crianças mimadas." (Sl 78.18 - Versão A Mensagem)
                    Tiveram sede, murmuraram. Tiveram fome, reclamaram. Andaram um pouco mais, blasfemaram. Ficaram um pouco sem alguém olhando, pecaram.

Mimados!

                   Eu nunca tinha olhado essa passagem por este ângulo. Eles agiam e choramingavam como crianças mimadas. Agora eu te pergunto: como tem sido a sua experiência com Deus? Você tem deixado  o Pai guiar totalmente os seus passos, mesmo nos desertos pelos quais tens passado ou tem reclamado como uma criança mimada?
                   Você ao menos tem observado as ações de Deus em seu favor com gratidão? Note como Israel pareceu ter se esquecido das maravilhas da libertação. Tudo o que Deus fez para provar a Faraó que eles eram o povo de Deus. Agora, livres, eles se viram contra Deus como uma criança mimada se rebela contra seu pai.
                  Que eu e você possamos aprender com os erros dos israelitas. Se você viveu a bonança e agora está em meio ao deserto, lembre-se que este Pai não o abandonará em tempo algum. Ele guiará seus passos, te levará a águas tranquilas e te colocará em terra que mana leite e mel.
                 Nunca deixe de acreditar no seu Deus, 
               não porque Ele tem poder para fazer, 
           mas por quem Ele é.

Deus abençoe você !

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Deus põe a benção no seu colo

                  


                  Alguma vez você já pegou uma criança em seu colo e, como de relance, passou pela sua cabeça algo a respeito da vida daquela criança como, seu futuro, seus sofrimentos, seu destino? Difícil não é ? Quando Jesus foi levado ao templo em Jerusalém para ser consagrado a Deus como regia a lei de Moisés, algo assim aconteceu.
                  Lucas, no capítulo 2 do evangelho que escreveu, nos conta a história de Simeão. Alma bondosa, vivia em oração e na expectativa da chegada de um auxílio divino para Israel. Simeão vivia debaixo de uma promessa: ele veria o Messias antes de morrer, Você alguma vez já parou para meditar nisso? Simeão já em seus dias finais e ainda vivendo-os na esperança de ver o prometido, o Salvador daquele povo, o homem que mudaria a história de Israel e de toda a humanidade?
                  Deus havia revelado isso a ele e com toda a certeza ele assim esperava.
Naquele dia, Simeão estava no templo e quando José e Maria chegaram e entraram para cumprir os rituais, Simeão, creio que guiado pelo Espírito Santo, pegou o menino e o aconchegou em seu colo e disse: "Deus soberano, agora teu servo pode ser despedido, vou-me em paz, pois tuas promessas tens cumprido. Com meus olhos vi a Tua salvação, uma luz para as outras nações, para que Deus seja revelado; uma glória para Israel, teu povo amado."
                   Oh, que maravilha! Creio que os que estavam próximos, ficaram atônitos. Maria e José ficaram calados, assim a Bíblia relata. Neste momento, o Espírito de Deus revela a Simeão o que aconteceria: "Este menino marcará para muitos fracasso cruel, mas para tantos outros grande recuperação em Israel. Ele será mal compreendido e alvo de muita contradição - e, no seu caso, a dor de uma espada lhe atravessará o coração. Mas a rejeição revelará quem possui integridade: Deus mostrará quem de fato está do lado da verdade." Que lindo! As palavras da revelação foram seguidas por um louvor a Deus através da profetiza Ana, que adentrou ao templo naquele exato momento e ainda entregou uma palavra a todos. 
                 Louvado seja o nosso Deus! Isso tudo o que relatei acima foi só para deixar bem claro para você que Deus, o nosso Pai celestial, cumpre as promessas que faz.
Creio que Simeão olhava para o fim de seus dias se aproximando e via a esperança. Olhava para as suas mãos envelhecidas mas também via certeza.. Olhava para as crianças que chegavam no templo e sentia seu corpo tremer com a possibilidade de  uma delas ser o prometido salvador.
                Digo a você que apenas creia! As promessas do Senhor sempre se cumprem. Viva a sua vida, ande seu caminho sempre se lembrado que Deus cumpre o que fala.
Não deixe as coisas do dia a dia tirarem o seu foco: continue caminhando e crendo.
               Lembre-se: Deus mandou o cumprimento da promessa de Simeão no colo dele!

Ósculos e Amplexos a todos !!