terça-feira, 24 de julho de 2012

O 'KIT GAY' CHEGOU !!


‘KIT GAY’ CHEGA ÀS ESCOLAS BRASILEIRAS E CRISTÃOS SE REVOLTAM


kit gay

A família Bolsonaro denunciou nesta segunda-feira (23) em seu site que o “kit gay” já chegou às escolas e alertou para o estímulo ao homossexualismo que o material contém. Trata-se do livro didático chamado “Menino Brinca de Boneca?” adotado pelo Ministério da Educação como referência para alfabetização das crianças até 6 anos de idade.

De acordo com o site, cujo líder Jair Bolsonaro é conhecido por sua oposição feroz às ações dos grupos LGBT na política, o livro já está sendo utilizado em algumas escolas particulares em São Paulo. O livro ainda deve expandir para todo o Brasil, segundo a orientação do Governo Federal.

“Caso seus filhos tenham este exemplar em suas mochilas, fiquem atentos pois certamente estão recebendo carga de informações estimulando o homossexualismo em suas cabeças”, alerta o site.

O site também mostra fotografias do “Menino Brinca de Boneca?” onde a família expõe palavras obscenas num conteúdo para crianças como “vulva” e “pênis”, citadas na página 16 do livro. Além disso, a família Bolsonaro aponta para a contra-capa, onde diz-se que Frei Betto é incisivio ao dizer que a obra criada estimula o público infantil a decidir-se por si só sobre sua sexualidade.

Um outro livro apontado no site foi “Porta Aberta”, de Geografia e História, que é voltado ao público do primeiro ano, e segundo os Bolsonaro também estimula o homossexualismo. “A lição mostra uma brincadeira intitulada de ‘Gavião’, na qual um homem adulto agarra uma criança, ambos nús, orientando que os meninos e meninas brinquem daquela maneira com seus amigos. Uma clara afronta que estimula a pedofilia”.

Além disso, o livro possui na página 225, um jogo da memória formando famílias de pais homossexuais. “Além das mensagens diretas, em ambos é nitidamente fácil constatar as mensagens subliminares envolvendo o homossexualismo e pedofilia, que são exploradas durante todas as tarefas ensinadas”, afirmam os Bolsonaro no site.

“A sanha dos ativistas homossexuais que desde o início mentem e dizem que o kit-gay não seria para o público infantil é desmascarada, e já tomou também as escolas privadas do Brasil. É isso que queremos para nossos filhos?”, diz Bolsonaro.

O material vem depois que um outro material contra homofobia, conhecido como ‘kit-gay’ e lançado pelo Ministério da Educação, foi vedado pela presidente Dilma Rousseff, após pressão da bancada evangélica.

O pedagogo Felipe Nery, que primeiro detectou a inclusão de livros com tal conteúdo nas escolas, levou a questão à Frente Parlamentar Evangélica no início do mês de julho. Ele, que é membro do Instituto de Ensino Superior de São Paulo, apresentou outros dois livros: “Porta Aberta”, voltado para alunos de 6 anos, da autora Mirna Lima e editado pela FTD; e “Aprendendo a Viver, Sexualidade”, voltado para alunos de 10 e 11 anos, das autoras Patricia Mata e Lydia R., editados pela Ciranda Cultural.

Segundo Nery, a distribuição dos livros está sendo feita nas escolas que não possuem um projeto pedagógico. Ele também alerta que os pais devem acompanhar o material que é usado na educação dos filhos.

Explicações são esperadas do atual ministro da educação, Aloízio Mercadante (PT-SP) à pedido do deputado federal Filipe Pereira (PSC-RJ).

Fonte:JORNAL ATHOS 

quinta-feira, 12 de julho de 2012

A benevolência sem limites de Deus




Que a paz do Senhor Jesus Cristo seja com você querido leitor. Após uma edição festiva,  continuamos a caminhada proposta pelo Pai e estamos aqui mais uma vez por Sua graça e misericórdia.
Quero compartilhar com vocês nesta edição de mais algumas características de nosso Deus. Já tratamos aqui de muitas particularidades do nosso Deus, as quais nos motivam a adorá-lo cada dia mais.  Uso uma frase que aprendi há alguns anos atrás para iniciar essa explanação: A graça (benevolência) de Deus é a extensão de sua bondade à nós, humanos, não sendo nós merecedores. Isso revela que a graça de Deus é maior que a nossa capacidade de pecar.
A graça de Deus não conhece limites. Como meu coração se alegra ao escrever essas palavras. Você já parou para pensar que embora eu e você tenhamos uma leve tendência a sermos falhos, errôneos muitas vezes em nossa forma de falar, agir, tratar, amar, cuidar, sendo desobedientes, infiéis, omissos perante uma realidade sem Deus,  Ele, por sua infinita graça, nos ama e nos preserva, cuida de nós. Que maravilha!
Não entendo como conseguimos pecar! Não compreendo como muitas vezes conseguimos enfrentar Deus em nossa soberba e o “colocamos na parede” por coisas fúteis e irrelevantes, quando na verdade deveríamos estar prostrados diante dEle em adoração pois somente a Sua GRAÇA nos basta (2 Coríntios 12.9). Quem se importaria com alguém que levou sua vida por caminhos de destruição, drogas, prostituição, crimes, medos, maldade? Deus se importou! Ele até mesmo deu Seu único Filho por mim e por você.  Ele não o poupou por nós.
Peço que você consiga se lembrar dessas coisas enquanto ora e louva. Isso te levará a um  auto reconhecimento de suas verdadeiras origens. Tenho plena certeza que através disso, você realmente se verá com sua face ante os pés desse Deus benevolente e misericordioso, adorando em verdade.
Não é fácil compreender como as pessoas conseguem subir em um palco ou púlpito e desejar a glória para elas mesmas. Como conseguem tocar pensando no que as pessoas estão achando da forma como executam seus instrumentos, através do dom que Deus deu. Como conseguem pregar um evangelho que conhecem, mas estão longe de cumpri-lo e segui-lo. Através desses tipos de pessoas, que se desenvolvem cada dia mais em meio ao povo de Deus, eu compreendo mais um pouquinho a graça de Deus e a Sua misericórdia. Desejo que você consiga fazer o mesmo. Enquanto alguns fazem isso, a palavra de Deus nos deixa um conselho maravilhoso: “Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar MISERICÓRDIA e achar GRAÇA, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno” (Hb. 4.16).
Um excelente mês para você e até a próxima se Deus assim nos permitir.

André Gustavo Ferreira da Silva

Material enviado para Jornal Athos

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Explosão evangélica! Somos 42 milhões! E daí?

Notícias Gospel Explosão evangélica! Somos 42 milhões! E daí? | Noticia Evangélica Gospel



Pois é. A última pesquisa apontou um crescimento demográfico considerável entre os evangélicos. Saltamos de 15% da população brasileira para 22% o que daria um total de aproximadamente 42 milhões de crentes. Nosso crescimento é gritante! Basta andar nas ruas no domingo a noite e veremos centenas de crentes empunhando suas bíblias e rumando para os cultos dominicais. Porém, por trás dessa explosão demográfica evangélica, devemos pensar no que tem gerado esse crescimento em nosso meio. Será a “fama” de que crente prospera ou o afã de responder o chamado divino para a “Missio dei”? Será que estamos atentando muito para a quantidade e deixado a qualidade de lado?
Um bom termômetro para isso é olhar a situação de desigualdade social e injustiça no país. Quando Calvino pregou o evangelho em Genebra, a cidade deixou de ser um pulgueiro onde pessoas jogavam fezes pelas janelas de casa e passou a ser uma referência de civilidade, justiça social e respeito ao direito do outro. Sem contar que o trabalho foi dignificado e reconhecido como ferramente de Deus para nos prosperar.
Hoje, somos 42 milhões e os lixões continuam cheios de crianças sendo exploradas, gente brigando com cães e urubus o pão de cada dia, as favelas continuam a se multiplicar, o tráfico de drogas continua a recrutar nossos meninos e o nosso índice com relação a distribuição de renda e desenvolvimento humano só não é pior que o de Serra Leoa e algumas republiquetas africanas. Se o Evangelho vigente no Brasil seguisse a doutrina dos apóstolos, o país seria outro. Não teríamos pastores milionários e crianças famintas. precisamos pensar se não estamos transformando lobos em bodes ao invés de ovelhas.
E no mais, tudo na mais santa paz!
Autor Pr Márcio de Souza: Casado há 10 anos com Érica, é formado em Teologia pelo CETERJ. Dedicado integralmente ao discipulado cristão é também pregador apaixonado do Evangelho, conferencista, escritor. Pastor titular da Igreja Cristã da aliança no Rio do Ouro, procura exercer uma saudável liderança em uma igreja crescente e acolhedora

Óleo ungido é um truque para atrair pessoas, diz bispo McAlister

Notícias Gospel Óleo ungido é um truque para atrair pessoas, diz bispo McAlister | Noticia Evangélica Gospel




O reverendo Augustus Nicodemus também critica a prática usada por muitas igrejas evangélicas. Campanhas com entrega de óleo ungido, cultos que só acabam depois que todos recebem a unção com oléo e até atos proféticos usando esse que é considerado por muitos líderes religiosos como um “elemento sagrado” são vistos todos os dias em igrejas de todo o país. Em algumas encontramos até mesmo a propaganda de que tal óleo veio diretamente de Israel, um detalhe que faz com que muitos acreditem que o elemento é ainda mais especial, ainda mais ungido.
Mas há pastores que contestam esse tipo de simbolismo usado nas igrejas. O bispo Walter McAlister, por exemplo, chega a dizer que o óleo ungido é apenas um truque para atrair fiéis. “Não existe na Bíblia que nos ensine a ungir óleo. Óleo ungido não existe, isso não tem fundamento”, disse ele que foi mais longe: “Isso é um truque para tentar atrair pessoas para a igreja. Não existe óleo especial com propriedades de cura”, complementa.
O líder da Igreja Cristã Nova Vida lembra que o ato de ungir com óleo representado no Velho Testamento é um ato simbólico que representa o Espírito Santo. “Mas não é o óleo que em si tem propriedades, e sim o gesto de obediência seguindo uma orientação sem histerismos, sem show, clamando a Deus”. Quem tem a mesma posição sobre o óleo ungido é o reverendo Augustus Nicodemus Lopes que escreveu uma carta fictícia, onde dois pastores conversam sobre o tema, um é praticante desse tipo de ato e o outro mostra que não há base bíblica para continuar ungindo pessoas com o “óleo sagrado”.
“Você sabe muito bem que os rituais do Antigo Testamento eram simbólicos e típicos e que foram abolidos em Cristo. Além do mais, o método usado para consagrar pessoas a Deus no Novo Testamento para a realização de uma tarefa é a imposição de mãos”, ensina um pastor para o outro citando outros exemplos que contradizem essa prática.
E você o que acha? deixe sua opinião nas linhas abaixo!


Fonte: Mídia Gospel