sábado, 25 de fevereiro de 2012

Adorando o Deus soberano



                 A pergunta que não quis calar e que, pude notar, tocou muitos dos que leram esta singela coluna na edição passada foi: “Como adorar quem não conhecemos?” Não tem como, não é?! Para você que se preocupou com o que leu e viu a necessidade de conhecer com mais profundidade quem é Deus, quero apresentar nesta edição, alguns dos atributos de Deus que vão te fazer compreender com mais exatidão o porquê Ele deve ser adorado e exaltado por mim e por você.
                 Quantas vezes você já ouviu ao seu lado, em um momento de adoração na sua igreja, alguém exclamar que Deus é soberano? O que significa a palavra “soberano”? Segundo o dicionário, soberano é aquele que está revestido de poder, poderoso ou potente em seus atos e efeitos, excelso, supremo. Todas essas palavras ainda são muito pequenas em sentido para realmente expressar a soberania do nosso Deus. Deus, o Pai, é infinita, perfeita e eternamente soberano. O Rei supremo. Na Bíblia está escrito: “que o Senhor é Deus, em cima no céu e embaixo na terra” (Dt 4.39). 
                  Ao falar sobre tamanho poder, lembro-me também da passagem de Daniel 4. Nabucodonosor havia sonhado e chamou os seus astrólogos e videntes para interpretarem seu sonho. Nenhum deles conseguiu. Foi quando, Beltessazar (que era Daniel), entrou na presença do rei e interpretou o sonho que de imediato se cumpriu. Nabucodonosor foi tirado de dentre os homens, passou a comer erva como o boi, perdeu a sanidade mental. Passado o tempo determinado por Deus para que ele permanecesse daquela forma, ao voltar a razão sobre ele, a bíblia diz: “Mas ao fim daqueles dias eu, Nabucodonosor, levantei meus olhos para o céus e tronou-me a vir o entendimento e eu bendisse o Altíssimo, e louvei e glorifiquei ao que vive para sempre, cujo domínio é um domínio sempiterno e cujo reino é de geração em geração.  E todos os moradores da terra são reputados em nada, e segundo a sua vontade ele opera com o exército do céu e os moradores da terra; não há quem possa estorvar a sua mão, e lhe diga: Que fazes?” (Dn 4.35-36).
                   A Bíblia relata que após essa declaração da parte do Rei, a razão voltou sobre ele, sendo assim restabelecido sobre seu reino e teve sua glória aumentada. Dá para imaginar o quão Soberano Deus é através das palavras de Nabucodonosor.  O fato de ele reconhecer que Deus era Excelso e Supremo mudou a sua história. Tirou ele do meio dos bois para colocá-lo novamente no lugar de onde saiu.
Lembre-se sempre: “Deus é o bendito e único Soberano, o Rei dos Reis e Senhor dos  senhores, o único que é imortal e habita em luz inacessível, a quem ninguém viu nem pode ver. A Ele sejam honra e poder para sempre. Amém!” (I Tm 6.15-16).
                   Agora você conhece um pouquinho mais do seu Deus, mais um atributo que te fará adorá-lo ainda mais.

Permaneça na paz de Cristo Jesus!

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Adorando sem intimidade? Como?






                    Que a paz do Senhor Jesus seja contigo amado leitor. Antes de começar a expor o que o Senhor colocou em meu coração, quero expressar aqui o meu desejo de que o ano de 2012 seja repleto de bênçãos e realizações para você e para todos os seus. Que a igreja de Jesus  Cristo possa viver um ano de atitudes que façam a diferença em nossa comunidade e país e que juntos possamos aprender ainda mais como chegar aos pés do Senhor em adoração e louvor.    
                    Este final de ano para mim foi estarrecedor.  Nunca havia presenciado em meio a igreja de Cristo, tantas pessoas alheias a uma vida de intimidade com Deus através de sua palavra e das coisas que tocam Seu coração. Daí veio a pergunta: Como ser adorador sem intimidade? Como levar outros a adoração se não temos intimidade? Como levar Jesus aos que não O conhecem, se não sabemos nem ao menos valorizar a sua vinda a esta Terra de imundícies e perdição por nós?  Ninguém consegue expressar um amor muito profundo por alguém que não conhece. Isso tudo denota uma falta de intimidade muito grande. Sem intimidade não tem adoração. Não adianta nem tentar. Não flui. As pessoas não têm buscado ao Senhor. Os adoradores são íntimos. Está escrito: “Eu amo os que me amam, e os que de madrugada me buscam me acharão” PV 8.17.  A adoração a Deus vai se manifestar em nossa vida na medida em que zelamos pela intimidade com Deus. Se buscarmos pouco, refletirá pouco. Se buscarmos muito, nos tornaremos ainda mais íntimos dele, conseguindo assim adorá-lo em verdade, pois O conheceremos.
                    Aos líderes de louvor faço uma pequena e importante observação: Durante o louvor congregacional, como passar segurança e certeza para o povo quando não se conhece aquele de quem se prega? Como levar pessoas a adorar alguém que você não conhece? Somente o talento em cantar e cativar as pessoas  não funciona. Esse talento pode ajudar você a levar pessoas a um lugar de adoração plena, mas, e você? O talento não te levará a este lugar. As pessoas poderão chegar lá através do seu talento, pois estão buscando por Ele, estão sedentas por mais de Deus. Somente com o talento, você jamais chegará a este lugar.  Precisa ser íntimo de Deus. Faço aqui um convite a você, líder de louvor ou não, a buscar conhecer mais o Senhor, buscar essa intimidade que te fará adorar somente pelo fato de estar na presença dEle. Adorar significa prostrar-se na presença do Senhor, estar diante dEle com nossas vidas rendidas, entregues completamente. Eu creio que a igreja do Senhor é rica em dons, na música, na profecia, no cantar ao Senhor e penso que, devemos estar sempre prontos para abrir nossas vozes na presença do Senhor para manifestar sua glória, seu poder. 
                    Por isso amados, proponho a você sair deste comodismo e dizer ao Senhor: “Pai estou aqui. Quero te conhecer! Quero viver experiências com o Senhor, pois desejo te adorar em verdade”. Aceita fazer isso?! Tenho a certeza que, após desejar ser mais íntimo de Deus, sua vida irá mudar radicalmente. Somente assim você poderá ser conhecido e reconhecido como um verdadeiro adorador.  Feliz 2012! Vamos em frente!

Ósculos e amplexos!